this is your life and it’s ending one minute at a time.

Do outro continente o sol também bate forte, as montanhas tem cara do Rio de Janeiro, o céu também é azul como na janela de casa, as pessoas tem dores e amores, e é tudo tão normal que as vezes penso que já vivi isso, ou que há poucas coisas no mundo que me surpreendem, é vdd que se esquece um pouco o português, não é graça de quem mora fora, a gente sempre quer lembrar a tradução, vc sabe o que é, mas nunca sabe a palavra certa em português . E não sei se sou eu, o arranjo planetário ou a experiência do intercâmbio, mas tudo que eu planejo pra minha volta ao Brasil parece faltando um pedaço, não é nada daqui, não quero ficar, é só como se o mundo tivesse tantas coisa interessantes, e eu quero ver mais, eu quero sentir mais, meu apetite de conhecimento ganhou uma boca tão grande que come tudo o que vê, e a fome não está nem perto do fim, ainda bem que o intercâmbio também não

publicado por andresa às 22:02 | link do post | comentar