...

"Nós somos ensinados, desde crianças, que a vida exige equilíbrio. Não podemos comer todos os doces da mesa ou pegar todos os brinquedos. Da mesma forma, podemos esperar que as outras crianças nos passem a bola durante o jogo de futebol e que nos deem lugar na gangorra ou no balanço depois de brincar alguns minutos. Quando essas coisas não acontecem, nos frustramos. Nosso senso de equilíbrio e justiça infantil é rompido. Assim para o resto da vida. Esperamos que nos ofereçam o equivalente daquilo que oferecemos. Se formos educados, queremos educação. Se formas respeitosos, queremos respeitos. Faz parte da relação de equilíbrio que estabelecemos com o mundo. O senso de justiça e proporção é profundo em nós. "

publicado por andresa às 01:19 | link do post | comentar